15/11/2017

O restauro e modernização do Mercado do Bolhão assenta num mercado de frescos tradicional, municipal, dos sabores e dos cheiros, relacionado com a envolvente. Assegura, portanto, uma intervenção ao nível do edificado, mantendo a integridade patrimonial, mas também o estabelecimento de condições operacionais que permitam a manutenção da atividade comercial, atualizadas de acordo com os exigíveis requisitos funcionais, de higiene e de conforto.


Três princípios nortearam o trabalho em curso – o edifício, o mercado e as pessoas (e suas relações): a recuperação física do edifício – devolução da identidade e coerência ao edifício retirando elementos espúrios, resolvendo anomalias e suas causas, assumindo valores/permanências e gerindo as novas infraestruturas e valências; a modernização do mercado de frescos – fazer do Bolhão um mercado de referência com os melhores produtos e espaços de fruição, capaz de abastecer os moradores/munícipes, os restaurantes/comércio da cidade e os visitantes; e a restituição da relação deste equipamento com a cidade, aumentando a transparência, a acessibilidade, a articulação, o conforto, a higiene e a sua funcionalidade.


A empreitada de Restauro e Modernização do Mercado do Bolhão tem apoio financeiro público nacional/regional no montante de 16.632.716,55 € e de fundos comunitários FEDER no montante de 11.718.693,80 €.